• O Nome Sagrado

Para acessar o conteúdo deste estudo em PDF, basta clicar na imagem ao lado.

 

Um nome para remissão e salvação

“Porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos“ ATOS 4-12 no verso 8 do mesmo capítulo, temos a informação de que o apóstolo Pedro falou “CHEIO DO ESPÍRITO SANTO”, portanto, foi pelo Espírito que o apóstolo Pedro fez a confissão de que há um “ÚNICO NOME”.

Como poderíamos discordar do que Pedro testificou? Seria ousadia colocar outro NOME em lugar daquele que nos foi dado para a SALVAÇÃO.

Um outro fato que devemos ter sempre em mente é a declaração em Lucas 24:47 – E QUE EM SEU NOME SE PREGASSE ARREPENDIMENTO PARA REMISSÃO DE PECADOS A TODAS AS NAÇÕES”. Daí a importância do NOME do Salvador, somente nesse nome obtemos a remissão de pecados (veja também João 2-12)... Pelo seu NOME nossos pecados são perdoados. Considerando e analisando esses fatos, este estudo tem a finalidade de dar a conhecer o verdadeiro nome do Salvador.

Porque tornou-se necessário este estudo? E porque este estudo tem causado tantas dificuldades? Porque a humanidade tem sido vítima de uma educação falsa, enganada, tem fechado olhos e mente para discernir a VERDADE !

O testemunho do apóstolo Shaul – Paulo em Atos 26=13-14, afirma que ouviu uma voz que lhe falava em língua Hebraica. Nesta revelação Paulo recebeu o verdadeiro Nome do Filho, pois ele escutou em Hebraico, ou seja, no idioma materno do Salvador. Isto é algo que a maioria tenta ocultar, porém, é um fato que não pode ser negado.

O Salvador foi um Judeu, da tribo de Judá (Heb. 7-14). Sua mãe e pai eram judeus e israelitas. Ele foi criado e educado na Galiléia, comarca Israelita na Palestina, conseqüentemente ELE TINHA UM NOME HEBRAICO. Lembre-se que a bíblia que usamos no Brasil é uma tradução de versões gregas e latinas (VULGATA), portanto, nessa tradução não aparece o NOME ORIGINAL EM HEBRAICO.

Todos os eruditos reconhecem o fato de que o Nome do Salvador é um nome de origem Judaica, isto é, Hebraico, e não pode ser igual ao nome mudado e traduzido para o latim, O Salvador não recebeu um nome em latim, já que não era Romano, nem grego, pois não era Helenista. Seu Nome original, o nome que foi dado para a salvação, era um Nome Hebraico. Somente quando a apostasia entrou em cena o nome em hebraico do Salvador foi mudado, primeiramente para o grego e, posteriormente, para o latim (idioma oficial do império Romano) e, mais tarde, adotado pela igreja Católica Romana.

Medite no seguinte: Se há um Único Nome podemos ser salvos, então, mudar este nome seria blasfêmia, uma terrível abominação e o cumprimento da apostasia, pois estaríamos invocando “outro nome”. Se o Nome do Salvador é ÚNICO, então devemos nos esforçar para conhecer o verdadeiro Nome.

Falando sobre a segunda vinda do Salvador, o apóstolo Paulo ensinou: “Ninguém de nenhum modo vos engane, porque isso não acontecerá sem que primeiro venha apostasia” (II Tess. 2-3) Essa apostasia era uma profecia que se consumaria entre o povo, e não fora dele (Atos 20:29-30). Um dos fatos que identifica a rebelião apóstata é o esquecimento do NOME SAGRADO (Jer 23:26-27).

Sabemos que nomes próprios não podem ser mudados, e que eram os povos pagãos, como os babilônios, que tinham esse costume, o de profanar, pela mudança, os nomes próprios. Veja (Daniel 1:7) em Isaías, encontramos uma importante profecia, “ Por isso o meu povo saberá o meu nome” (Isaías 52:6).

O Salvador YAHUSHUA revelou para: Shaul – Paulo de Tarso, a verdade, falando em Hebraico o seu Único e Verdadeiro NOME. Certamente, todo aquele que é do povo original, conhece o verdadeiro NOME de seu Salvador.

YAHUSHA está tomando dentre as nações: “ Um povo para o seu Nome” Leia atentamente Atos 15-14. O Salvador ordenou a seus discípulos que se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados no seu Nome “YAHUSHUA” em todas as nações, esse é o Nome que os anunciavam, um nome para a salvação, e todas as nações ouvindo e crendo nesse único Nome, os que crêem são verdadeiros filhos do Eterno (João 1:12) e membros de uma só família (Efésios 2:19).

Nome próprio – original Hebraico יהרשע = YÂHUSHUA.

Artigos de Estudos

Estamos disponibilizando no site alguns artigos de estudos elaborados pela casa Testemunhas de Yahushua de Franca / SP

Para acessá-los, coloque o ponteiro do mouse sobre as imagens abaixo e click no elo do link de acesso aos textos.

Alimentando ou Saboreando a Palavra

A Capa Babilônica – Símbolo da maldição do pecado

Vale de Jaboque

Servindo o Altíssimo na Babilonia

O Parente Remidor

Imersão nas Águas - Batismo

Altar e Sacificio

Ser como Crianças

Um Olhar sobre Avraham e o Sacrifício de Yitzchak

A Chave de Davi

Compreendendo o Conceito de Justificação

A Religião como a Torre de Babel

Aguardando a Volta de Yahushua

Yahuh dos Exércitos

Saindo da Caverna e Indo para o Monte

Travessia do Yarden-Jordão

Estudo sobre Coração

O Perdão como Mandamento

Dois Filhos de Avraham, Duas Realidades Espirituais

t -01-03-2017 A Noiva e o Noivo