• SAINDO DA CAVERNA E INDO PARA O MONTE: Texto base - 1 Reis 19:8-18

Para acessar o conteúdo deste estudo em PDF, basta clicar na imagem ao lado.

 

Objetivos:

- Aprender através da experiência de Eliyahu/Elias a estar diante do Altíssimo
- Identificar a Caverna e o Monte hoje em seu sentido simbólico
- Entender a importância de “subir” ao Monte

• Introdução

Nesse contexto, logo após passar a fio da espada os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal (1 Reis 19:1), o profeta Eliyahu/Elias é ameaçado duramente de morte por Jezabel esposa do rei, decidi fugir ficando só e profundamente abatido a ponto de pedir que יהוהYahuh tire sua vida (1 Reis 19:4). Mas o Anjo de יהוהYahuh cuida e alimenta a ele, e o conduz para uma viagem que o traria até o Monte Horebe.
O Altíssimo tinha mandado Eliyahu/Elias ir para o monte, mas ao chegar ali entrou em uma caverna. Ele não estava apenas com medo, o que tomou conta de Eliyahu/Elias foi o desânimo, o cansaço da vida, pois achava que estava só, que todos estavam prostrados a Baal e tinha restado somente ele que não havia se dobrado diante daquele ídolo.
A experiência de Eliyahu/Elias entre a caverna e o monte tem pra nós propósito ilustrativo e simbólico, mas que é muito significativo para aprendermos qual é o lugar que o Altíssimo quer que nós estejamos. A caverna não é lugar que o Altíssimo queria que Eliyahu/Elias ficasse, mas no monte, então nós também devemos sair da caverna e ir ao monte.

 Sai da caverna

A primeira ordem que o Altíssimo transmitiu para Eliyahu/Elias era para que ele saísse da caverna (v.11), ali não era o lugar que o Altíssimo queria que ele estivesse. A caverna é um lugar de trevas, de escuridão, e medo, eram também usadas como sepulcros, com isso é um lugar impróprio para estar aqueles a quem o Altíssimo chamou.
O Altíssimo ordena hoje a nós para que “saíamos” (2 Coríntios 6:17) do mundo, a caverna de trevas espirituais, de medo constante e sepulcro, o mundo não é o lugar que o Altíssimo quer que nos estejamos. Pois Ele nos chamou das trevas para a luz da morte para a vida e não nos deu um espírito de medo, mas um espírito de força de amor e de sobriedade. (2 Timóteo 1:7)
Aquele que insiste em permanecer na “caverna/mundo” mesmo depois do chamado do Altíssimo desobedece e ignora sua voz, correndo o risco de ser contado entre os mortos. Saía da caverna, se você ouviu a voz e saiu não volte novamente para lá, comece a “subir o monte” para um encontro especial.

 Suba o monte

Ao sai da caverna Eliyahu/Elias viu um forte vento, depois um terremoto, logo em seguida um fogo e o Altíssimo não estava em nenhum deles, mas quando surgiu uma brisa suave e tranquila o Altíssimo falou com ele. (vs. 11-13)
O monte é diferente da caverna, na caverna/mundo se tem a impressão que para ouvir o Altíssimo é somente por meio de acontecimentos fortes e poderosos, mas para se ter uma experiência com o Altíssimo você não precisa ficar procurando coisas grande, as coisas pequenas revela a Sua ação em sua vida.
O monte é nível espiritual, relacionamento e experiência com o Altíssimo. Avraham/Abraão obteve “nível” espiritual quando levou Yitzchak/Isaque para ser sacrificado no monte (Bereshiy/Gêneses 22:2), Moshe/Moisés recebeu as tábuas da lei no monte (Shemot/Êxodo 19:1-3), Eliyahu/Elias desafiou os profetas de Baal no monte (1 Reis 18:19). Monte simboliza nível espiritual, relacionamento com o Altíssimo, que está disposto e atende o chamado de ir ao monte cria relacionamento com o Altíssimo e obtém um nível espiritual diferente.
Mas, assim como subir um monte criar relacionamento requer esforço e dedicação, todos que no passado foram ao monte tiveram que se empenhar de alguma forma, hoje para criarmos relacionamento, experiências com o Altíssimo, precisamos nos dedicar cada vez mais no sentido de estarmos na sua presença, conhecendo a Ele e sua palavra e o que espera e deseja de nós. Você pode fazer de sua casa, trabalho, congregação ou qualquer outro lugar de monte onde terá nível espiritual, e relacionamento com o Altíssimo.

 Conclusão

Recebemos o chamado e saímos da caverna/mundo, portanto agora devemos perseverar na subida do monte para estarmos cada vez mais próximo, ligados ao Altíssimo.
Comunhão é estar em sintonia, é ter identificação, é estar em comum (como um) e não se consegue estar em comunhão com o Altíssimo se você não tem relacionamento pessoal e íntimo com Ele, se você não ora, não medita, não ouve a Palavra, etc.
Sem isso fica impossível subir o monte/ter nível espiritual e se relacionar com o Altíssimo.

Quando se sobe o monte é ir em direção ao Altíssimo. Tehilim/Salmo 15

Artigos de Estudos

Estamos disponibilizando no site alguns artigos de estudos elaborados pela casa Testemunhas de Yahushua de Franca / SP

Para acessá-los, coloque o ponteiro do mouse sobre as imagens abaixo e click no elo do link de acesso aos textos.

Alimentando ou Saboreando a Palavra

A Capa Babilônica – Símbolo da maldição do pecado

Vale de Jaboque

Servindo o Altíssimo na Babilonia

O Parente Remidor

Imersão nas Águas - Batismo

Altar e Sacificio

Ser como Crianças

Um Olhar sobre Avraham e o Sacrifício de Yitzchak

A Chave de Davi

Compreendendo o Conceito de Justificação

A Religião como a Torre de Babel

Aguardando a Volta de Yahushua

Yahuh dos Exércitos

Saindo da Caverna e Indo para o Monte

Travessia do Yarden-Jordão

Estudo sobre Coração

O Perdão como Mandamento

Dois Filhos de Avraham, Duas Realidades Espirituais

t -01-03-2017 A Noiva e o Noivo